Dicas para emagrecer na quarentena

Atualmente muitas pessoas vem reclamando que estão ganhando peso por causa da quarentena, visto que estão isoladas e impedidas de fazer atividade física como antes.

Pois bem, acontece é que essa pandemia pegou o mundo inteiro de surpresa e exigiu de todos uma mudança de hábitos de uma forma nunca antes vista no mundo.

O estilo de vida foi completamente alterado, com crianças em casa sem ir à escola, trabalho em casa, mais tempo em frente ao computador ou televisão e etc.

Contudo, é importante ficar atento ao ganho de peso pois esse fator acompanhado de uma mudança da composição corporal podem indicar alterações de saúde bem importantes.

Então, vamos ver algumas dicas e informações de como emagrecer na quarentena.

Qual a melhor dieta para a quarentena?

A dieta mais indicada é sempre aquela que você consegue seguir e manter por mais tempo. Isso quer dizer que é importante mudar hábitos, mas sempre cuidando para que isso ocorra de uma forma não estressante.

Isso porque o estresse e a ansiedade são os maiores geradores de compulsão alimentar. Logo, se você restringir muito, possivelmente irá desistir cedo e descontar em dobro na comida depois.

Lembre-se ainda que não é um momento muito indicado para fazer grandes restrições alimentares.

A carga emocional já está alta nesse período de tantas incertezas. Se privar de tudo pode gerar um desgaste e sofrimento muito maiores do que se fosse em outro momento sem quarentena.

Muita gente, por exemplo, já pensa logo em cortar todos os carboidratos, excluindo-os por completo da dieta. Conto, eles não são vilões e são uma das principais fontes de energia do organismo.

Por isso, ao invés de cortar radicalmente, a dica é apenas diminuir e também escolher as versões integrais, por exemplo! Outra dica é usar o emagrecedor Keto Boost, ele certamente vai contribuir para você perder peso de forma saudável.

Dicas para emagrecer na quarentena

Agora vamos ver mais algumas excelentes dicas que podem ajudar você a perder peso durante a quarentena sem muito sofrimento:

  • Composição da dieta

Quando você já estiver seguindo uma nova alimentação, a dica é trocar a composição da dieta a cada 15 dias.

Dessa forma, o corpo não se acostuma e vai estar constantemente tentando se adaptar.

  • Qualidade alimentar

Evite preparos fritos, gorduras saturadas, creme de leite, molhos, queijos em excesso e outros alimentos que não agregam valor nutricional relevante.

  • Observe

Cuide a qualidade dos alimentos escolhidos, o tamanho das porções que você serviu, o tamanho do prato que você usa. Evite também levar travessas e panelas para a mesa. Sirva o seu prato e limite-se a isso.